segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Sensações II

 
 
Você foi dedilhando o meu corpo lentamente,
Percorreu cada centímetro de mim,
E me beijou a alma.
Me tomou em seus lábios,
Que cheios de desejo beijavam-me,
E suas mãos abraçavam-me com ternura,
Envolvendo-me no calor de seu corpo.
Corpo que delicadamente matava-me o desejo,
Um desejo com sabor de paixão,
Ardente e forte que tiravam-me a respiração,
E assim com seu amor você foi me tocando,
A cada Centí
 metro de mim desejando,
Trazendo-me sensações,
Que tiravam-me os sentidos.
Deixava minha alma fora de meu corpo,
Arrebatava-me para dentro de ti,
Com um imenso querer percorrendo por seu corpo,
Convidando-me a sentir vastas sensações,
Que ali tiravam-me o folego,
Querendo cada vez mais sentir o desejo em ti,
Que arrepiava-me a todo o instante,
E em um pico de agudas sensações,
Te amei.

3 comentários:

  1. Intenso. Poesia de tirar o fôlego de tanto prazer ao lhe ler. Linda.

    ResponderExcluir
  2. estou seguindo segue se volta http://charmingndglamorous.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seja bem vindo, seu comentário é muito importante para meu desempenho. Obrigado!