segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Lua Apaixonada



A noite estava tão calada,
E lá longe de repente ouço,
O choro de uma lua apaixonada,
Abandonada pelo seu moço.
Seu choro quebra o quietação,
De uma noite escura,
Sem paixão,
Somente com uma saudade nua.
Mas choras por que Lua?
Se suas lágrimas vão de encontro ao mar,
Cada gota caindo no oceano,
Somente para te lembrar,
Que cada uma delas diz "eu te amo".
Por isso estou a te olhar,
Pois seu choro é de amor,
Um amor de se admirar,
Mas um amor que te causou dor.
Depois que suas lágrimas secarem (oh lua),
Eu irei adormecer,
E enquanto elas não cessarem,
Eu ficarei aqui com você.

Um comentário:

  1. VIII CONCURSO PLÍNIO MOTA DE POESIAS 2011 (MACHADO-MG). FALEM COMIGO!

    A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
    abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
    ano 2011.
    Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
    a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
    ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

    OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo, seu comentário é muito importante para meu desempenho. Obrigado!